Formação Não Financiada

Segundo a Lei n.º 7/2009, de 12 de Fevereiro, que aprova o Código do Trabalho, todas as empresas, independentemente do número de funcionários, são obrigadas a dar 35 horas de formação anual aos seus funcionários.

Promover a formação contínua das pessoas é uma condição cada vez mais importante para a estratégia de desenvolvimento das empresas e para o aumento da sua competitividade.

Os serviços prestados pela AEDL na área da formação são desenvolvidos quer para empresas, quer a título individual, no sentido de promover a aquisição/aperfeiçoamento de competências e na actualização e reconversão dos profissionais.

As áreas de formação que disponibilizamos foram cuidadosamente seleccionadas para podermos garantir qualidade pedagógica e técnica dos cursos ministrados e constituem-se como mais-valias para os nossos clientes que querem fazer do conhecimento a base da sua diferenciação e o motor do seu sucesso.

Para além da oferta formativa que apresentamos, concebemos e implementamos soluções formativas orientadas para as necessidades concretas de cada empresa o que apresenta a vantagem de articular as necessidades, motivações e expectativas das pessoas com as orientações estratégicas.

Consulte aqui o nosso Plano de Formação.

ESCOLHA O SEU CURSO

os cursos mais populares ao seu dispor

Gestão de equipas de Cuidadores de Idosos

177

0

0

A Pós-Graduação de Gestão de equipas de cuidadores de idosos visa a gestão de pessoas nas respostas sociais seniores, considerando as principais ferramentas de gestão do tempo, stress e conflitos e o papel das emoções, afetos e motivação no desempenho, bem como, os processos e procedimentos inerentes a cada resposta social conforme referido nos manuais de processos chave e de avaliação da segurança social.
Saber Mais
Parecendo difícil, não é nada fácil: a resiliência no trabalho

148

0

0

Desenvolver competências ao nível da resiliência aplicada ao mercado de trabalho.
Saber Mais
Avaliação de desempenho nas entidades de economia social

163

0

0

Compreender as especificidades da avaliação de desempenho nas entidades de economia social, desenvolvendo uma proposta de modelo de avaliação de desempenho adaptado a esta realidade.
Saber Mais
De pequenino se torce o pepino – Como estimular o desenvolvimento da criança

165

0

0

Adequar estratégias de estimulação a cada uma das etapas do desenvolvimento infantil.
Saber Mais
Fatores psicossociais associados à alergia alimentar e formas de intervenção

163

0

0

Identificar corretamente os sintomas, cuidados a ter e implicações psicossociais das alergias alimentares com recurso a exemplos práticos do/a formador/a.
Saber Mais
Prevenção de acidentes nas entidades de economia social

163

0

0

Prevenir a ocorrência de acidentes no contexto específico das entidades de economia social, utilizando as estratégias mais adequadas a esta realidade.
Saber Mais